Horários de Missas

Terça à Sexta, às 18h.
Sábado, às 16h.
Domingo, às 8h30,11h e 19h.

Blog do crisma › 14/02/2013

Se queres ser perfeito vem e segue-me

Jesus, durante a sua vida pública, era sempre rodeado por uma multidão de pessoas. Algumas delas, que mal conseguiam aproximar-se Dele, escutá-Lo ou mesmo vê-Lo, seguiam assim mesmo com a multidão, eventualmente até por curiosidade, para não perderem os acontecimentos do momento. Boa parte delas não sabiam e jamais vieram a saber exatamente quem Ele era.

Nos dias atuais é importante tomarmos cuidado para que esta situação não venha a se repetir, o que pode facilmente acontecer caso vivamos toda a nossa existência orbitando as periferias da religião, sem jamais atingirmos o âmago da nossa fé, que deveria ser Jesus, e portanto sem vir a conhecê-Lo verdadeiramente.

Não raras vezes, por imitação, por tradição cultural ou mesmo por falta de fundamento, acabamos nos esquecendo da essência da nossa fé, e deixando nosso foco religioso concentrado apenas nos acessórios, na periferia da religião: uma missa de vez em quando, na Páscoa, ou no Natal, ou no dia de Ramos, procissões, romarias, rezas, terços, imagens, novenas, bênçãos, velas, devoções, bênçãos etc.

Se assim for o nosso proceder, estaremos praticando ainda uma religião infantil, não madura, por estarmos tão cegos quanto aqueles mencionados no evangelho, os quais apenas acompanhavam, à imitação dos demais, um vulto popular na multidão, sem qualquer conhecimento sólido, vivência e compromisso com Aquele a quem se propunham seguir. Se queres ser perfeito, vai, vende teus bens, dá-os aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me! (Mt 19,21). É preciso, portanto, aprender a seguir Jesus Cristo.

Mas o que significa, afinal, seguir Jesus? Ser verdadeiro seguidor de Cristo é tornar-se seu discípulo, é escutar o Seu chamado e, em seguida, atender, livremente e sem demora, por meio de atos concretos, a este chamado, comprometendo-se com a Sua pessoa e com a Sua missão.

O seguidor de Jesus é aquele que assume as consequências do discipulado para cumprir a vontade do Pai, Porque o que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas o que perder a sua vida por amor de mim e do Evangelho, salvá-la-á (Mc 8,35). O seguidor de Jesus abandona-se nos braços de Deus, renunciando à próprias conveniências, para que, nele vivendo, Cristo forme, já neste mundo, os sinais de seu Reino: Assim, pois, qualquer um de vós que não renuncia a tudo o que possui não pode ser meu discípulo (Lc 14,33). 

O seguidor de Jesus não se esquiva de carregar a cruz, sinal do cristão, por amor a Jesus e ao próximo. E quem não carrega a sua cruz e me segue, não pode ser meu discípulo (Lc 14.27); Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros (Jo 13,35)

Ser seguidor de Jesus significa, pois, estabelecer um vínculo pessoal com Ele. Por meio Dele, nos inserimos no projeto de Deus, aderindo à Boa Nova do Reino e construindo um mundo de justiça, amor, paz e de bem-aventuranças.

Queridos crismandos, o reinício das atividades da Catequese da Confirmação será no dia 16 de fevereiro. Neste Ano da Fé, adquiramos mais intimidade com o Espírito Santo e, assim, impulsionados por Ele possamos nos tornar verdadeiros seguidores de Jesus. Até lá, e permaneçamos todos na alegria do Senhor.

Equipe de Catequese da Confirmação