Horários de Missas

Terça à Sexta, às 18h.
Sábado, às 16h.
Domingo, às 8h30,11h e 19h.

Notícias da paróquia › 18/10/2018

IV Simpósio do Patrimônio Sacro – arquitetura, arte e cultura em São Paulo

Folder IV SIPS Programação

IV Simpósio do Patrimônio Sacro – arquitetura, arte e cultura em São Paulo

Teatro do Mosteiro de São Bento -8 e 9 de novembro – 9h às 17h.

Igreja de Nossa Senhora do Carmo, sábado 10 de novembro, 9h às 12h

Convidamos pesquisadores, estudantes, professores,  sacerdotes, seminaristas e público interessado para o IV Simpósio do Patrimônio Sacro – arquitetura, arte e cultura em São Paulo, a se realizar no auditório do Mosteiro de São Bento. Suas três primeiras versões foram sobre a América Latina. Este objetiva as igreja da cidade de São Paulo, com amplo panorama a anunciar a publicação de Guia das igrejas de São Paulo. O Grupo de Pesquisa Barroco Memória Viva e a Faculdade de Teologia de São Bento são parceiros nesta realização que agora se soma ao incentivo da Cúria Metropolitana na figura eminente de Dom Odilo Scherer.

Os pesquisadores palestrantes atuam em diferentes universidades e já defenderam suas teses e dissertações sobre os temas a serem abordados. Neste simpósio serão apresentadas pesquisas sobre igrejas e capelas de relevantes estilos que compõem o patrimônio sacro paulistano.

De forma cronológica, iniciaremos as comunicações pelas igrejas coloniais, seguidas pelas ecléticas do período imperial e ecletismo da passagem do século 19, a finalizar com o modernismo do 20. Além das 40 igrejas apresentadas no seminário as palestras contam com temas que serão introdutórios à futura publicação Guia das Igrejas de São Paulo, como a formação da diocese metropolitana, a arquitetura, a pintura e as imagens sagradas.

Programação Preliminar

Quinta-feira,  8 novembro – Teatro do Mosteiro de São Bento

Sessões da manhã

9h –  Abertura – Dom Mathias Tolentino Braga, abade do Mosteiro de São Bento.

9h15 – Projeto do livro Guia das Igrejas de São Paulo – arte, arquitetura e fé.  Percival Tirapeli, coordenador do Barroco Memória Viva, Unesp.

9h45 – História da Arquidiocese de São Paulo –  Gabriel Frade

10h15 – Arquitetura colonial e imperial – igrejas dos séculos 17 ao 19. Mateus Rosada, apresentação por Myriam Salomão

10h45 – Intervalo

11 h – Ornamentação: dos altares barrocos aos modernos. Mozart Bonazzi da Costa. Igrejas de São Francisco e Ordem Terceira.

11h45 – Intervalo para almoço.

Sessões da tarde

13h30 – Imaginária e devoções. Maria José Spiteri T. Passos.

14h30 – Igrejas Rosário dos Pretos da Penha e do Largo Paissandu. Joseli Domingas de Oliveira.

15h – Igreja N. Sra. da Boa Morte e Capela de Santa Luzia. Myriam Salomão.

15h30 –  Intervalo

16h – Mosteiro da Luz. Maria Lúcia Fioravante.

16h40 –  Igreja de Santo Agostinho. Jaqueline Vasconcelos.

17h – Capelas dos cemitérios da Consolação e São Paulo.  Viviane Comunale.

17h30 –  Igrejas  N.Sra da Penha, Cristo Rei e Basílica N.Sra. da Assunção do Mosteiro de São Bento . Rosangela Ap. Conceição.

18h – Encerramento.

 

Sexta-feira, 9 de novembro – Teatro do Mosteiro de São Bento

Sessões da manhã

9h – A pintura colonial e acadêmica em São Paulo. Danielle M.  dos Santos Pereira.

9h30 –  Igrejas do Sagrado Coração de Jesus e N. Sra. Auxiliadora. Waldir Salvadore.

9h45 – Igrejas de Santa Cecília, Consolação e Santa Ifigênia. Karin Philippov.

10h15 – A Catedral da Sé. Bianka Tomie Ortega.

10h30 – A luminosidade do vitral. Maria Eliza Linardi.

10h45 – Intervalo

11h – Igreja da Imaculada Conceição e Capela do Hospital Santa Catariana. Lina Bandiera.

11h30 – Capela de São Miguel.  Julio Meiron

11h45 – Intervalo para almoço.

Sessões da tarde

13h – Arquitetura moderna religiosa paulistana.  Márcio Antônio de Lima Junior.

Igrejas de São Bonifácio e Santa Maria Madalena.

14h – Igrejas N. Sra. do Brasil e N. Sra. do Monte Serrate – Christian Nascimento.

14h30 – Igreja N. Sra. Mãe do Salvador – Alecsandra Matias de Oliveira.

14h50 – Igrejas N. Sra. da Paz e São Rafael Arcanjo – Milena Chiovato apresentação Percival Tirapeli.

15h30 – Intervalo

15h40 – Igreja N. Sra. do Perpétuo Socorro – Maria Lúcia Fioravante.

16h – Capelas do Cristo Operário e do Colégio Arquidiocesano – Danielle M. dos S. Pereira.

16h30 – Igreja N. Sra. do Ó e Capela da Santa Casa de Mauá – Rafael Schunk e Rosangela Ap. Conceição.

17h -Visita à igreja do Mosteiro de São Bento. João Rossi.

17h30 – Vésperas

 

Sábado, 10 de novembro – Igreja Nossa Senhora do Carmo

Sessões da manhã

10h – Mesa redonda – Palavra da Priora da Ordem Terceira, Dra. Elisângela Salomon Carreiro.

10h30 – Restauros das igrejas paulistanas – Julio Moraes (Ateliê de Restauro) e Marcia Rizzo

11h – A igreja da Ordem Terceira do Carmo – Carlos Cerqueira, representante do IPHAN.

11h30 – Restauros e leis de incentivo – Rosana Delellis, FormArte.

12h – Igrejas demolidas: convento de Santa Teresa e Convento do Carmo – Eduardo Murayama.

12h30 – Conservação e desaparecimento do patrimônio sacro: a igreja dos Remédios, Carlos Augusto Mattei Faggin – Presidente do Condephaat.

13 h – Palavras de encerramento, Dom Odilo Scherer.

Percival Tirapeli – Coordenador do Grupo de Pesquisa Barroco Memória Viva – Unesp.

13h30 – Almoço (por adesão) – na Padaria Santa Tereza, Pça João Mendes.

Inscrições gratuitas até 2 de novembro: patrimoniosacro@gmail.com  

Vagas limitadas 

Professor Titular em Artes Visuais

Instituto de Artes da UNESP

lattes.cnpq.br/1423636463797795